Contra a Lei do Ato Médico

0

Depois de manifestação pelas ruas centrais da cidade, estudantes de Psicologia, Enfermagem, Educação Física, Serviço Social, Biomedicina, Farmácia, Nutrição, Odontologia, Terapia Ocupacional, Biologia, Fonoaudiologia e Radiologia, foram à Assembléia Legislativa pedir o apoio dos parlamentares contra projeto de Lei que está no Congresso Nacional.

 

Conhecida como Lei do Ato Médico, que estabelece uma hierarquia entre a medicina e as demais profissões da área de saúde, com o claro objetivo de retornar o controle do mercado, interferindo assim, na autonomia das demais profissões.

 

Em manifesto distribuído aos parlamentares, os estudantes dizem que “o Ato Médico fere e põe abaixo a conquista do principio da multidisciplinaridade, além de encarecer a saúde e empobrecendo significativamente a qualidade do atendimento à população, no tocante à saúde”. Os manifestantes obtiveram apoio de vários parlamentares que se revezavam na tribuna, mostrando sua posição contrária a Lei do Ato Médico.

 

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais