Cooperativa de reciclagem receberá ajuda de parceiros

0

Promotor Sandro Costa (Foto: ASN)

Em audiência realizada na última sexta-feira, 26 na Promotoria do Meio Ambiente, do Ministério Público Estadual em Nossa Senhora do Socorro, com a presença de catadores, representação do movimento nacional dos catadores de materiais recicláveis, empresas e município, ficou definido que a cooperativa de catadores Reviravolta, formada por catadores do lixão da Palestina, receberá ajuda de custo de parceiro empresarial, durante o processo de concretização de sua estrutura física.

De acordo com o promotor de justiça, Sandro Costa, o município deverá recadastrar os catadores do lixão da Palestina até o dia 15 de maio para formação de lista de espera para associação futura na cooperativa. "Foi formada comissão que deverá até o dia 17 de maio, efetivar diagnóstico e concepção de projeto para construção da estrutura física da cooperativa, inclusive observando as possibilidades mercadológicas em relação à atividade da cooperativa", ressalta.

Ele explicou que nesta data também o município informará como apoiará os catadores cadastrados que não quiseram se incluir inicialmente na cooperativa. "A comissão está buscando também a ampliação dos parceiros empresariais seja para ajudar na constituição da cooperativa, seja para o fornecimento ou compra de materias recicláveis da cooperativa", destaca.

Até o momento as seguintes empresas estão nesta parceria: Gbarbosa, Estre, Torre, Shopping Prêmio, Escurial. Parceiros interessados devem procurar a Cooperativa, Secretaria do Meio Ambiente do Município de Socorro ou, neste período inicial, a própria Promotoria do Meio Ambiente (3253-4949).

Fonte: Promotoria Meio Ambiente

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais