Copci apresenta assaltante que agia em fábricas de queijo no sertão do Estado

0

O acusado foi preso na ltima quarta-feira,17, Foto: SSP
A Coordenadoria das Delegacias no Interior (Copci) apresentou na manhã desta sexta-feira, dia 19, Valdecir de Almeida, 31 anos, conhecido como “Côco”. Ele é acusado de realizar assaltos em fábricas de queijo, estabelecimentos comerciais e residências no sertão sergipano. A prisão foi feita na madrugada da última quarta-feira, através do cumprimento de um mandado de prisão expedido pela Justiça de Nossa Senhora da Glória e foi iniciada quando o acusado visitou a sua namorada no povoado Melancia, em Glória. A companheira do acusado já vinha sendo monitorada pela polícia.

Valdecir utilizava sempre arma de fogo durante suas ações criminosas e agia na companhia de comparsas e sempre com violência. A prisão foi efetuada pelos agentes civis da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci) e da Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória. As investigações também tiveram a participação de agentes da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol).

Quando estava sendo vigiado pelos policiais, o acusado percebeu a observação dos agentes e fugiu em uma pick-up S-10 até o município de Ribeirópolis, onde foi detido já por volta de 1h da madrugada. Segundo o delegado Ataíde Alves, na ação nas fábricas de queijo, “Côco” sempre executava os assaltos acompanhado, e portando uma pistola e em uma motocicleta, fugindo em seguida. Em um dos assaltos, ocorrido em 13 de setembro de 2009, ele roubou R$ 1.500, e rendeu funcionários da fábrica.  

A Polícia Civil vai seguir com as investigações com o objetivo de descobrir outros crimes praticados pelo Valdecir, a fim de fornecer mais subsídios para o Ministério Público e o Judiciário. “Temos dez dias para concluir o nosso trabalho e vamos atuar no sentido de elucidar outros casos e identificar quais comparsas agiam com Valdecir”, explicou Ataíde.  

Com Informações da SSP

Comentários