Coronavírus: 36 praças de Aracaju são interditadas pela Defesa Civil

0
O principal motivo para a interdição é evitar que as pessoas continuem utilizando as praças como espaços de lazer (Foto: Arquivo/Ascom/PMA)

Segundo dados da Defesa Civil, até o momento cerca de 36 praças localizadas ao longo da capital foram interditadas pelo órgão em parceira com a Guarda Municipal. O principal motivo para a interdição é evitar que as pessoas continuem utilizando as praças como espaços de lazer, o que pode gerar aglomerações desnecessárias neste período de isolamento social para o combate ao novo coronavírus (Covid-19).

Ainda segundo a Defesa Civil, a lista de praças interditadas é formada pelo calcadão da Treze de Julho e Praia Formosa, além das principais praças dos bairros Sol Nascente e Santa Maria. “O que estávamos vendo era que muitas pessoas ainda insistiam em transitar nesses lugares”, destaca o órgão.

Além desse trabalho fiscalização e interdição, a Defesa Civil destaca que também atua na conscientização das pessoas em reação a importância dos cuidados básicas contra a doença. “Nós orientamos sobre a importância do usa da máscara, do álcool em gel, e também em respeitar o isolamento social”, afirma a Assessoria de Comunicação da Defesa Civil.

Interdição e Fiscalização

Em nota oficial, a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) salienta que vem atuando para restringir as aglomerações de pessoas com o intuito de garantir o cumprimento das medidas de distanciamento social, estabelecidas em decretos estadual e municipal para o enfrentamento ao coronavírus, a gestão tem realizado um trabalho de fiscalização rotineira nos espaços públicos e áreas de lazer, que continuam interditados por medida de precaução.

Ainda segundo a PMA, alguns locais como os estacionamentos da 13 de Julho, Praia Formosa e Orla da Atalaia, permanecem interditados com manilhas e sinalizações, e são percorridos diariamente por agentes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), como forma de assegurar que a medida seja respeitada pela população. “Outra ação que tem sido colocada em prática pela Prefeitura é fiscalização de estabelecimentos comerciais. Desde o último sábado, 02, 215 estabelecimentos foram fiscalizados pelas equipes da Defesa Civil, Guarda Municipal de Aracaju e Procon, dos quais 53 foram interditados. Na ação também foram interditadas 36 praças, com isolamento dos equipamentos de uso comunitário”, destacou a administração municipal.

Secretário explica as penalidades em caso de violação da interdição (Foto: reprodução/vídeo/Ascom/Semec)

Penalidades

Segundo o secretário da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida, é importante alertar a população que a violação das medidas pode acarretar algumas penalidades. “Nós continuamos com o nosso trabalho de fiscalização. Inclusive algumas praças interditadas foram violadas, o que é crime. As pessoas podem ser autuadas em flagrante”, destaca Almeida.

Ainda segundo ele, as fiscalizações serão intensificadas. “Infelizmente, muitas pessoas não estão se cuidando. É importante que as pessoas fiquem em casa, cuidando de si e também dos seus familiares”, orienta.

por João Paulo Schneider  e Verlane Estácio

Comentários