Coronavírus: quadras são interditadas e uso deve ser denunciado à PM

0
Internauta flagra uso indevido de quadras nesse momento de isolamento social pelo coronavívus (Foto enviada por internauta)

Os espaços de lazer, a exemplo das quadras esportivas existentes em vários pontos de Aracaju, continuam interditados em função da pandemia declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que já matou milhares de pessoas no mundo. Havendo observações do uso indevido desses espaços, as pessoas devem fazer o relato à Polícia Militar através do telefone, ligando para o número 190, do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), conforme informações do tenente-coronel Fábio Machado, chefe da 5ª Seção do Estado Maior Geral [a PM-5, setor responsável pela comunicação social da Polícia Militar de Sergipe.

O Portal Infonet recebeu denúncias de internautas sobre o uso indevido de alguns espaços, especialmente as quadras destinadas à prática de skate e de futebol na avenida Euclides Figueiredo, na Zona Norte da capital sergipana, e também de um gramado em frente à Unidade Básica de Saúde Eunice Barbosa, no Coqueiral, usado por crianças para jogar futebol e outras atividades de lazer. Situações que não podem ocorrer, conforme as medidas restritivas contidas nos decretos governamentais assinados pelo governador Belivaldo Chagas e pelo prefeito Edvaldo Nogueira, para enfrentar o coronavírus. Em Sergipe, a Covid-19 [infecção transmitida pelo coronavírus já matou quatro pessoas, com 32 casos confirmados da doença, conforme último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

PM usa drones para conscientizar população sobre necessidade de isolamento (Foto: reprodução vídeo PM)

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou que o gramado, existente na parte externa da Unidade Básica de Saúde Eunice Barbosa realmente era frequentemente usada por crianças, que aproveitavam o local para a prática de atividades esportivas e outras brincadeiras. Mas as atividades foram suspensas desde que a OMS declarou a pandemia pelo coronavírus e aquela unidade básica foi transformada em unidade referência para atendimento a pessoas com sintomas gripais, durante esse período de pandemia.

Segundo a SMS, há vigilância permanente na unidade que impede o uso do espaço e, desde a semana passada, não há casos registrados do uso daquele espaço. Por outro lado, a equipe da Polícia Militar continua divulgado informações sobre a necessidade de isolamento. A PM está usando drones para transmitir os avisos sonoros em diferentes bairros da capital sergipana, destacando a necessidade do isolamento voluntário nesse momento em que as aglomerações se tornam grande risco de disseminação da doença. “Estamos trabalhando para garantir a vida de todos os cidadãos de Sergipe”, diz um trecho da mensagem. “Evite a propagação do vírus Covid -19! Faça sua parte, fique em casa!”, completa a mensagem.

Processos judiciais

As pessoas que insistirem em desrespeitar as medidas protetivas estabelecidas pelo governo através de decretos, responderão a processos criminais. De acordo com informações do procurador-geral do estado Vinícius Thiago de Oliveira, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) está acionando a Polícia Militar para identificar os casos de desobediência. As pessoas identificadas assinarão termo de ocorrência e a PGE enviará esses termos para o Ministério Público Estadual, órgão competente para oferecer a denúncia criminal, se for o caso.

E atuará também para interditar estabelecimentos comerciais que insistirem em funcionar durante essa quarentena. “Independentemente dessa providência, caso alguns insistam no descumprimento à medida restritiva, a PGE acionará judicialmente para obter a interdição do estabelecimento, com todos ônus processuais que a demanda judicial impõe”, alerta o procurador-geral.

 

por Cassia Santana

 

 

Comentários