Corpo de homem é encontrado em piscina de clube

0
IML ainda não divulgou causa da morte (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Apareceu boiando em uma piscina o corpo do armador de móveis José Adilson Silva, 53, que desapareceu, misteriosamente, na tarde do sábado, 25, em um balneário, localizado às margens da BR 235, em Itabaiana. Ele estava com a família e saiu da mesa que ocupava naquele balneário com o propósito de dar um mergulho na piscina.

A esposa ficou impaciente porque a vítima não retornou à mesa e acionou o Corpo de Bombeiros da cidade, na certeza que o marido estaria na piscina. Os bombeiros mergulharam, segundo a família, mas nada localizaram.

Só na manhã deste domingo, 25, o corpo foi visto boiando naquela mesma piscina. O corpo foi visto, por volta das 6h da manhã, por um dos funcionários do balneário que estava realizando a limpeza do local para receber os clientes neste domingo. A família estranha o fato dos bombeiros mergulharem na piscina e não encontrarem o corpo ainda na tarde do sábado. “É um grande mistério”, considera o comerciante José Arício da Silva, irmão de Adilson.

De acordo com o comerciante, por volta das 15h30 a esposa do armador de móveis chamou a família para retornar à residência. Ela se dirigiu ao balcão para efetuar o pagamento da despesa, enquanto Adilson seguiu para a piscina com o intuito de dar o último mergulho e não mais retornou. “Ela sentia que ele estava na piscina e chamou os bombeiros”, conta.

Depois das buscas no interior da piscina, o clube fechou e a família começou a procurá-lo em vários outros lugares, inclusive no matagal. “Ele estava sem dinheiro e só com a roupa de banho”, revela o irmão. “Passamos a noite toda procurando em tudo quanto é lugar”, complementa.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado e fez a remoção do corpo, que chegou em Aracaju no final da manhã deste domingo. Ainda não foi divulgada a causa da morte. Angustiados, os familiares aguardam o laudo do IML que só deverá ser concluído nos próximos 30 dias.

O Portal Infonet tentou ouvir o Corpo de Bombeiros, mas não obteve êxito. O Portal permanece à disposição. Informações devem ser encaminhadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais