Corpo do suspeito de matar criança permanece no IML

0
(Foto: Internauta)

O corpo do homem suspeito de ter assassinado e violentado sexualmente uma criança de apenas seis anos, permanece no Instituto Médico Legal (IML). De acordo com informações do IML o corpo permanece sem identificação e não foi procurado por nenhum familiar até às 18h20 deste sábado,2.

O homicídio e o abuso sexual contra a menina de seis anos revoltou os moradores do bairro Soledade, zona norte de Aracaju. A informação é que algumas pessoas revoltadas com o crime resolveram fazer justiça com as próprias mãos e espancaram o suspeito que morreu no local.

A equipe do Portal Infonet conversou com o pai da criança na manhã deste sábado,2. Reginaldo Gomes de Almeida, confirmou que a filha foi estuprada por um vizinho, que, após ter confessado o crime, foi espancado até a morte por moradores do bairro. “Ela saiu de casa a minha procura, eu estava na casa do meu irmão em uma festa. No caminho ela se deparou com ele, foi pega a força e levada até uma mata lá mesmo no bairro, onde aconteceu essa atrocidade com minha filha”, relata o pai.

O pai da criança

O corpo de Dafne Bianca Ferreira Gomes foi sepultado na tarde de hoje no Cemitério São João Batista, em Aracaju. A mãe da criança está grávida de sete meses, ela passou mal e foi socorrida para uma unidade hospitalar da capital sergipana.

O caso é da responsabilidade do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais