Correios: sindicato entra com recurso para manter greve

0
Trabalhadores realizaram ato na manhã desta quinta-feira (Foto: Portal Infonet) 

Após decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) exigindo que pelo menos 80% do efetivo seja mantido durante a greve dos trabalhadores dos Correios, o sindicato da categoria decidiu entrar com recurso para anular a decisão. Em mais um ato do calendário de greve nesta quinta-feira, 28, os trabalhadores se reuniram em frente a sede da empresa, na rua Acre, no bairro Siqueira Campos, e voltaram a se manifestar contra uma possível privatização da empresa – que para os trabalhadores representaria o risco de perder os empregos.

A assessoria de comunicação dos Correios informou que a empresa passa por um momento de reestruturação para garantir a sua sustentabilidade como Empresa Pública para os próximos anos. A respeito da greve, os Correios identificaram apena uma agência fechada na última quarta-feira, em Santo Amaro das Brotas, interior sergipano. A informação da Empresa é de que apenas 8% do efetivo está paralisado. Como as negociações com os sindicatos em todo país não avançaram, os Correios vão ingressar com ação de dissídio coletivo no TST, para que este intermedie as negociações.

Confira matéria completa no vídeo:

Comentários