Corte de vagas de vereadores

0

Uma corrida contra o tempo. Enquanto o Senado não aprovar em segundo turno a emenda constitucional sobre o corte de vagas de vereadores, as convenções partidárias terão de seguir a instrução do Tribunal Superior Eleitoral – TSE – que reduz em 8.552 o número de cadeiras a serem preenchidas. Caso o Senado aprove a emenda, os partidos que fizeram convenções terão de fazer outro encontro para mudar a lista de candidatos às eleições proporcionais. A votação no Senado está em princípio marcada para o próximo dia 17, mas se não ocorrer, deve ser votada até o dia 30. Mais notícias da área no canal ELEIÇÕES 2004.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais