CPRv recolhe mais de 80 animais nas rodovias estaduais

0
Legenda

A Polícia Militar, através da Companhia de Polícia Rodoviária Estadual (CPRv), em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) recolheu 81 animais soltos nas rodovias estaduais, somente no mês de abril. A ação faz parte do serviço de recolhimento de animais, para minimizar os acidentes envolvendo animais nas rodovias do Estado e proporcionar maior segurança aos condutores. De acordo com a CPRV, somente este ano (2013), 249 animais já foram recolhidos nas rodovias.

Algumas rodovias apresentam maior incidência em registro de animais soltos, devendo os condutores ficarem mais atentos em seus deslocamentos por essas vias, principalmente no período noturno. As rodovias que tiveram maior índice de registros são: as rodovias: SE 270, que interliga os municípios de Salgado/Lagarto e Simão Dias. SE 100, que interliga o município de Barra dos Coqueiros a Pirambu, SE 335, que interliga o município de Japoatã a Neópolis, SE 100 (José Sarney), município de Aracaju, SE 065, interliga os municípios de Aracaju a São Cristóvão, SE 170, interliga os municípios de Itabaiana/Campo do Brito/São Domingos e Lagarto e as rodovias SE 200, que interliga os municípios de Nossa Senhora de Lourdes/ Canhoba e Telha, e SE 170, que interliga os municípios de Feira Nova, Graccho Cardoso e Itabi.

Efetivo

Atualmente a CPRv dispõe de uma equipe composta por 04 policiais, 01 vaqueiro (laçador) e 02 caminhões boiadeiros, que realizam o serviço em todas as rodovias.

Legenda

O Comando da CPRv vem contando com a colaboração de diversos condutores que ligam para o telefone 198 ou 8824-8040 e informam a presença de algum animal solto na rodovia por onde esta passando, essa parceria vem surtindo o efeito desejado, pois a CPRv vem conseguindo obter uma maior eficiência e precisão  no recolhimento de animais das rodovias estaduais.

Fonte: Ascom/CPRV

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais