Criação do campus da UFS em Itabaiana foi assinada por Lula

0

O ministro da Educação, Fernando Haddad, e o presidente Lula durante a solenidade. Foto: Roosewelt Pinheiro/ABra
Hoje pela manhã, o deputado federal, Jackson Barreto, comentou sobre a solenidade realizada, ontem, no Palácio do Planalto. A mesma foi realizada para a assinatura dos convênios para instalação de quatro novas universidades federais no país, bem como, para a criação de novos campos das instituições federais de ensino superior já existentes.

Barreto, em entrevista ao programa “Fala Sergipe”, da rádio Atalaia AM, disse que o evento reuniu reitores e políticos. Do Estado de Sergipe estavam também presentes, o senador Antônio Carlos Valadares, os deputados Jorge Araújo e Jorge Alberto, além dos prefeitos de Lagarto, Zezé Rocha, de Nossa Senhora da Glória, José Andrade, e de Itabaiana, Maria Mendonça, e do reitor da UFS, Josué Modesto. 

Segundo Jackson Barreto, na oportunidade o presidente assinou a criação do campus avançado da UFS em Itabaiana, que se dará por meio de um convênio que corresponde a aproximadamente R$ 10 milhões que devem ser liberados até 2007. O parlamentar acrescentou ainda que até junho deve ser realizado o vestibular para o campus da UFS em Itabaiana, que tem previsão para iniciar suas atividades no 2º semestre de 2006.

Lagarto – Sobre a questão da implantação de um campus avançado da UFS em Lagarto, Jackson Barreto informou que durante a solenidade, ele e o senador Valadares, proporcionaram uma conversa entre o prefeito do referido município e o presidente da república. Na ocasião Lula teria perguntado a Zezé Rocha quantos habitantes Lagarto possui e o prefeito respondido que cerca de 100 mil habitantes.

O presidente, segundo o parlamentar, teria ainda dito a Zezé Rocha que em 2006 novos campus avançados serão instalados e que o município de Lagarto não será esquecido no momento da definição das localidades para onde os mesmos irão. Por fim, Barreto disse que foi externada ao presidente a preocupação e a reivindicação dos estudantes e da população de Lagarto a este respeito.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais