Crime da caixa: polícia monta quebra-cabeça

0
O crime contra Fernanda foi elucidado pela polícia (Foto: Gilson Oliveira)

Doze dias após o crime que chocou os moradores do município de Itabaiana, distante 56 km da capital sergipana, o departamento de homicídios da Delegacia Regional desvendou o crime contra a adolescente Fernanda Andrade Santos, 16, que foi encontrada dentro de uma caixa de papelão. A jovem foi atingida com 26 facadas em várias partes do corpo, que apresentava sinais de estrangulamento.

Para o delegado Francisco Gerlandio, que apreendeu sete dias após o crime uma adolescente de 15 anos que confessou o assassinato, um homem de 22 anos, identificado como André da Silva Lopes, e outro adolescente de 17 anos ajudaram no crime.

O delegado diz que o homem mantinha um relacionamento com Fernanda e com a outra adolescente de 15 anos. O crime teria sido provocado por ciúmes. Francisco Gerlandio esclareceu que no dia do crime Fernanda foi atraída pelo jovem de 17 anos para a casa da adolescente de 15, que desferiu os golpes. A autora do homicídio contou com a ajuda do namorado, André, para se livrar do corpo.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais