Crime de PM foi motivado por disputa de estacionamento

0

Tenente Coronel do QCG, Luiz Fernando Almeida (Fotos: Portal Infonet)

Um crime com uma motivação banal tirou a vida de um jovem policial militar na madrugada desta sábado,28. A equipe do Portal Infonet esteve no Quartel Central da Polícia Militar (QCG) e conversou com tenente coronel Luiz Fernando Almeida que lamentou o ocorrido.

De acordo com o tenente, a morte do policial Alisson Farias Souza, de 24 anos, foi realmente motivada pela disputa por vaga de estacionamento na Orlinha da Atalaia.

Luiz Fernando conta que o acusado do crime, Bruno Campos Fernandes, está sendo ouvido na Corregedoria da Polícia Militar, a fim de trazer informações concretas do caso. As informações dão conta que ambos os policiais estavam de folga no momento da ocorrência. Uma

Policial foi morto por uma briga de estacionamento
terceira vítima, identificada como Adriano Batista Macedo, policial militar da
Companhia de Polícia de Turismo (CPTur), ainda encontra-se internado no Hospital São Lucas.

Segundo a polícia os veículos dos envolvidos foram apreendidos e levados à Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). Além dos carros uma moto da marca Suzuki, com a placa HZY 2705 também foi encaminhada ao DHPP. “Ainda não sabemos qual a relação que a moto e seu possível proprietário possam ter com o fato. Mas, já estamos realizando as investigações para tomarmos as providências cabíveis”, explica o tenente.

O comandante da Polícia Militar, coronel José Carlos Pedroso Assumpção, lamentou profundamente o fato. “A primeira impressão é de que toda esta situação teria sido causada por motivos torpes, que não justificam as atitudes. Entretanto, todas as providências previstas em lei foram e estarão sendo tomadas pela instituição, inclusive a abertura de inquérito policial militar para investigar as circunstâncias em que se deram o fato”, relatou o comandante.

Abalados, familiares do militar que estavam no Instituto Médico Legal (IML) preferiram não comentar sobre o assunto. Sobre o estado de saúde de Adriano Batista Macedo a informação do tenente coronel é que ele foi atingido com um tiro nas nádegas e permanece sendo atendido em um hospital da capital.

Sepultamento

O corpo do militar foi sepultado no final da tarde de sábado no Cemitério Santa Izabel, em Aracaju.

 

 

* A matéria foi alterada no dia 29/08 para acréscimo de informações

 

Por Victor Hugo e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais