Crime em Estância: Família diz que motivação foi ciúmes

0

Betariz Ramos deixa três filhos (Foto: Reprodução Portal Infonet)

Ciúmes. Essa é a provável motivação para o assassinato de Beatriz Ramos de Jesus, 52 pelo ex-companheiro, Elízio da Silva, 47. O crime aconteceu na tarde desta quinta-feira, 14 no Loteamento São Jorge, município de Estância. Após os disparos, o autor atentou contra a própria vida. Os dois corpos ainda aguardam liberação no Instituto Médico Legal (IML). Na manhã desta sexta-feira, 15, o irmão de Betariz Ramos, o Antônio Ramos de Jesus, contou que os dois tiveram um relacionamento de 20 anos.

“Eles passaram 20 anos juntos e sempre tiveram um bom relacionamento. Tem um casal de filhos, a menina com 18 anos e o menino com nove anos. Quando ele foi morar com minha irmã, ela já tinha um filho pequeno, mas ele criou como dele, estando hoje com 28”, conta Antônio Ramos.

De acordo com ele, os desentendimentos começaram após o marido de Betariz Ramos ter arranjado outra mulher. “A gente nunca notou nada de errado entre ela e Teiú como era conhecido, só que ele arranjou outra e minha irmã não aceitou, se separando. Foi quando começaram os desentendimentos porque ele não queria se separar. Segundo testemunha, ontem à tarde eles tiveram uma briga na rua e quando minha irmã viu que ele estava armado, correu pra casa. Ele correu atrás e disparou alguns tiros [não sei quantos]. Depois deu um só nele mesmo”, relata.

Antônio Ramos: "Ele não aceitava a separação" (Foto: Portal Infonet)

Antônio Ramos disse ainda que perdoa o ex-cunhado. “Eu sei que tudo foi por causa do ciúme. Ela estava trabalhando em uma fábrica lá em Estância mesmo e ele vivia dizendo que tinha um velho sustentando ela, mas não era verdade. Eu perdôo porque ele também se matou, porque se ele tivesse vivo a coisa não ia ficar assim”, completa.

O IML registrou também nas últimas 24 horas, o corpo de Sandro Ramos da Cruz, 18 anos, vítima de arma de fogo no município de Indiaroba, além de dois corpos não identificados, vitimados por disparos de armas de fogo em Nossa Senhora do Socorro.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais