Crítica surte efeito

0

Há coisa de duas semanas, o prefeito Marcelo Déda perdeu a paciência e desandou em críticas ao DESO (Companhia de Saneamento de Sergipe). Dizia o prefeito, então, que a DESO abre os buracos na rua, para consertar suas linhas d”água, não os fecha e a população põe o seu rosto nos buracos não fechados. “É a minha cara que vai para o buraco em forma de crítica, não a do presidente do DESO”. A crítica repercutiu. No dia seguinte, o DESO deu resposta educada e técnica, para dizer que, uma vez feito os reparos de canos, o buraco não pode ser fechado imediatamente que é para sentir a pressão da água. Pois bem, a crítica de Déda funcionou. Por todo canto da cidade, vêem-se obras do DESO fechando os buracos que ela mesma abriu. Ótimo. O cidadão peronhadamente agradece.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais