CUT/SE realiza ‘Arraial do Siri na Lata’

0

Aproveitando o clima junino, no próximo dia 30 de junho, a partir das 8h30, no Calçadão da João Pessoa, no centro de Aracaju, a Central Única dos Trabalhadores de Sergipe (CUT/SE), junto com os sindicatos filiados, vai estar realizando o “Arraial do Siri na Lata”, levantando as pautas de luta da classe trabalhadora.

Na ocasião, a CUT/SE estará colocando sua posição em defesa da reestatização da Vale; contra a abertura do comércio aos domingos e feriados; contra as fundações públicas de direito privado; contra o banco de horas; e contra os leilões das reservas de petróleo.

“Todas essas pautas estão na ordem do dia da classe trabalhadora. O momento é de festa junina, mas não dá pra esquecer essas bandeiras, que tanto interessam aos trabalhadores e à sociedade”, disse o presidente da CUT/SE, Rubens Marques, o Dudu.

No mesmo dia, a CUT/SE se une aos trabalhadores e trabalhadoras de todo o país no dia de “Mobilização Nacional pela Redução da Jornada de Trabalho sem Redução de Salários”, já que o Congresso Nacional, através da Comissão Especial da Jornada Máxima de Trabalho, realiza, no dia 30, a votação do relatório da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 231/95, que reduz de 44 para 40 horas a carga horária máxima semanal e prevê aumento do valor da hora extra de 50% do valor normal para 75%.

Depois de votada na comissão especial, a PEC que reduz jornada de trabalho precisa ser votada em dois turnos pelo plenário. “A redução da jornada de trabalho sem redução de salários é uma luta da classe trabalhadora para promover justiça social, gerar empregos e melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores e trabalhadoras do país, e nós vamos estar aqui, com a nossa Central e os nossos sindicatos, mobilizados e mobilizando a sociedade sobre essa bandeira, que sempre encontrou forte resistência dos patrões e de seus aliados”, explica Dudu.

Fonte: CUT/SE

Comentários