CUT se reúne com secretário da Administração e cobra retomada da Mesa de Negociação

0

Em reunião com o presidente da Central Única dos Trabalhadores de Sergipe, Rubens Marques de Souza, o Dudu, junto com diretores da CUT/SE, realizada na última terça, 23, o secretário Jorge Alberto garantiu que está aguardando somente o pronunciamento do secretário da Fazenda, João Andrade, que deve apresentar um resumo da situação financeira do Estado à Assembléia Legislativa, para confrontar os dados disponíveis e dar uma resposta aos sindicatos no tocante às negociações salariais com as várias categorias de servidores.

A reunião foi solicitada pela CUT/SE, que pede a reinstalação imediata da Mesa de Negociação Permanente, mas com o secretário de Administração à frente.

Segundo o decreto que instituiu a Mesa de Negociação, assinado pelo governado Marcelo Deda, em 2007, ela deveria mediar, com o secretário da Fazenda à frente, o debate entre a administração estadual e as diversas categorias do funcionalismo, reduzindo os conflitos em busca de um entendimento entre as partes. Esses preceitos, contudo, vinham sendo negligenciados desde que o ex-secretário Nilson Lima abandonou os quadros do governo e as atividades da mesa foram interrompidas.

De acordo com o professor Dudu, presidente da CUT/SE, existe uma expectativa positiva em relação à retomada do diálogo. O sindicalista lembra que, no passado, a discussão foi reduzida à esfera econômica, o que, no entendimento da CUT/SE, produziu um grande equívoco do governo, ao apostar no pessimismo econômico, o que não pode ser reproduzido pela nova presidência da Mesa.

“Essa discussão tem de ter uma compreensão política. Se o quadro de pessimismo colocado por João Andrade fosse confirmado, a essa altura o Estado já estaria quebrado”, defendeu Dudu.

Comentários