Déda desmente recebimento de contribuição de Marcos Valério

0

O prefeito de Aracaju, Marcelo Déda, resolveu se pronunciar diante das novas denúncias de que o empresário Marcos Valério teria enviado dinheiro para a sua campanha em 2004. O administrador da capital, que encontra-se em Brasília participando da 6ª Conferência Nacional das Cidades, reafirmou que não recebeu nenhum recurso do empresário Marcos Valério nem de ninguém ligado a ele.

Déda ressaltou que a única participação financeira do Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores para sua campanha foi através do pagamento de apresentações artísticas. “A contribuição do PT limitou-se ao pagamento das despesas com os shows do pianista Arthur Moreira Lima, e da dupla Zezé de Camargo e Luciano. Despesas essas que foram declaradas ao tribunal regional eleitoral na nossa prestação de contas”, explicou o prefeito.

Se dizendo indignado com a especulações e tentativas de envolvimento de seu nome nos escândalos nacionais, Marcelo Déda, disse que qualquer declaração diferente das já prestadas por ele a respeito de sua prestação de contas e contribuições de campanhas são infundadas. “Refuto e desminto qualquer informação diferente sobre a contribuição do Diretório Nacional, ou sobre o processo e a prestação de contas da minha campanha de reeleição, especialmente informações caracterizadas pela total e absoluta falta de provas, o que revela intenções meramente políticas da parte de quem as produz”, disparou Déda.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais