“Defensores Públicos Pelo Direito de Recomeçar”

0
(Foto: Divulgação)

Em comemoração ao Dia Nacional da Defensoria Pública, comemorado no dia 19 de maio, a Associação dos Defensores Públicos do Estado de Sergipe – ADPESE lançará no dia 17 de maio, a campanha “Defensores Públicos Pelo Direito de Recomeçar”, tema relacionado à Execução Penal.

A campanha será lançada também em Porto Alegre pela Associação Nacional dos Defensores Públicos (ANADEP), onde ocorrerá um desfile de moda no Presídio Feminino Madre Pelletier, tem como principais objetivos mostrar a importância da atuação do Defensor Público na área de Execução Penal e divulgar a necessidade da criação de mecanismos de reinserção social para pessoas privadas de liberdade, tendo como princípio a educação e geração de emprego ainda durante o cumprimento da pena.

 “Defensores Públicos Pelo Direito de Recomeçar” tem ainda como desafio destacar iniciativas positivas e casos de ex-detentos que, através de oportunidades de trabalho e educação (formação), reconquistaram seu espaço na sociedade. Além de estimular em empresas, entidades, instituições e comunidades a percepção da necessidade de acolher o egresso, oferecendo-lhe oportunidades no mercado de trabalho. “Mais uma vez a ANADEP se apega a ação social na criação de uma campanha”, ressalta Sérgio Barreto Morais, presidente da ADPESE.

De acordo com o Sistema de Informações Penitenciárias do Ministério da Justiça (Infopen 2011), a taxa de encarceramento no Brasil triplicou nos últimos 15 anos, e a população carcerária já ultrapassa meio milhão de pessoas (513.802) – um universo em que 93% são homens e 48% são pessoas com menos de 30 anos de idade. Ainda segundo os dados do Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN/MJ), os presos são em grande maioria negros ou pardos, analfabetos ou com baixa escolaridade.

Atualmente, apenas 94.816 presos trabalham, dos quais 79.030 realizam atividades dentro dos estabelecimentos penais e 15.786 atuam externamente. Somente 8% das pessoas presas estudam. Sem a possibilidade de estudo ou trabalho, sem a perspectiva de construir uma nova vida, 70% dos egressos voltam a cometer crimes.

Ainda alusivo a data, os defensores públicos participarão de um encontro fechado, no Hotel Aquários, onde haverá almoço com música ao vivo, também promovido pela ADPESE.

Já a Defensoria Pública do Estado de Sergipe, em parceria com ADPESE, estará desenvolvendo uma semana com diversas ações, entre elas uma palestra sobre “A Realidade da Defensoria Pública de Sergipe e o Acesso à Justiça”. Proferida pelo presidente da ADPESE, Sérgio Barreto Morais, a mesma será realizada nesta quinta-feira, 16, às 18h30, no Auditório da Faculdade Estácio/ FASE, durante o Ciclo de Palestras “A Contemporaneidade Jurídica e a Realidade Social”. A programação encerra no sábado com a participação de defensores públicos e servidores da instituição na Ação Global.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais