Defeso do camarão acaba à meia noite desta quarta

0

Pescador diz que preço do camarão vai depender da produtividade

A partir da meia noite desta quarta-feira, 16, a pesca de camarão volta a ser praticada no estado de Sergipe. O defeso, que ocorre duas vezes ao ano – de 1º de dezembro a 15 de janeiro e de 1º de abril a 15 de maio – tem como objetivo proporcionar a reprodução da espécie.

 

“É uma época na qual o camarão está em fase de acasalamento e precisa de harmonia territorial para isso. É que o defeso entra em ação”, disse Simone de Andrade, responsável pela fiscalização do IBAMA. De acordo com ela, o período foi de muita tranqüilidade, sem grandes problemas e sem apreensões. “Tivemos um período muito bom, sem ocorrências, ou seja, um resultado extremamente positivo”, disse.

 

Com o defeso, muitos pescadores aumentaram o preço do camarão que, em algumas bancas do mercado Thales Ferraz, chegou a dobrar o valor. “A gente teve que aumentar o preço senão não tem como vender e ganhar dinheiro. Agora, com a liberação, se a produção for boa, a gente vai ter que baixar. Mas só se a produção for boa porque não adianta querer tapar o sol com a peneira e fazer milagre. A gente também precisa ganhar dinheiro”, disse o pescador Claudemiro Santos.

Comentários