Delegada diz que criança apresentava sinais claros de estupro

0

Com a prisão do principal suspeito (padrasto) de ter estuprado a criança de apensa 2 anos, no conjunto Bugio, a delegada Roberta Fortes, do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), afirmou que na próxima semana deve concluir o inquérito e indiciar o rapaz de 36 anos. A identidade dele está sendo mantida em sigilo pela Polícia. Antes de ser preso, ele chegou a ser linchado pelos vizinhos. Apesar de ainda aguardar laudo do IML e dois depoimentos, a delegada afirmou que a criança foi encontrada com sinais claros de estupro.

Confira a reportagem completa no vídeo:

Comentários