Delegada orienta como evitar ser vítima de golpes pela internet

0
É preciso verificar as contas bancárias e confirmar que o dinheiro entrou na conta antes de concretizar a transação (Foto: Freepik)

Nos últimos cinco dias, a Polícia Civil deflagrou ações contra investigados pela prática de golpes envolvendo sites de compra e venda em Sergipe.

Na quinta-feira, 13, uma mulher foi presa ao adquirir bens utilizando-se de comprovantes falsos de depósito bancário. Ainda no mesmo dia, quatro suspeitos foram detidos por simular depósitos bancários em transações por um site de compra e vendas.

Diante do cenário de aumento de golpes praticados na internet, a delegada Viviane Pessoa, diretora do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri), reforçou a necessidade de manter a atenção e o cuidado com as transações envolvendo a compra e venda de bens em sites, bem como estar atento às informações de contato e aos dados das contas bancárias que são fornecidas pelos interessados na transação. “É preciso verificar se a transferência entrou na conta, se a conta é das pessoas envolvidas na transação e é preciso observar todo o andamento da transação para que, ao perceber qualquer coisa suspeita, a pessoa verifique antes de concluir a compra ou a venda”, detalhou.

Ainda de acordo com Viviane Pessoa, a Polícia Civil precisa ser comunicada para proceder a investigação, que pode resultar na identificação e prisão dos autores dos golpes.

“Se a pessoa desconfiar ou for vítima de golpe praticado por meio de sites de compra e venda, ela deve buscar tanto a Polícia Civil, no Depatri, quanto acionar a Polícia Militar, pelo Ciosp – 190. Há também o Disque-Denúncia (181). É preciso buscar o atendimento policial e redobrar os cuidados, pois tivemos um aumento muito grande nos golpes praticados nos sites de compra e venda”, pontuou a diretora do Depatri.

Com informações da SSP/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais