Delegado conclui que vítimas ingeriram veneno por engano em Salgado

0
Fato ocorreu no município de Salgado (Foto: Blog Cidade de Salgado)

A Polícia Civil do município de Salgado concluiu as investigações que apurou o envenenamento de Valdomiro Emílio dos Santos, Roneclecio dos Santos e Raimundo Florêncio da Silva que veio à óbito, após ingerir bebida alcoólica. O delegado concluiu, através de depoimentos e laudos toxicológicos, que as vítimas ingeriram um veneno formicida conhecido popularmente como “Folial”.

Delegado Paulo Cristiano presidiu as investigações (Foto: SSP/SE)

De acordo com o delegado Paulo Cristiano que presidiu as investigações, as vítimas beberam o veneno achando se tratar de cachaça. O formicida teria chegado às mãos dos três homens em forma de pagamento por um serviço prestado para uma senhora.

“Esse veneno chegou a mão dessas pessoas através de uma senhora que é casada. O marido costuma trabalhar como horista nas fazendas aplicando esse formicida de nome folial e costumava guardar parte desse formicida em uma garrafa de cachaça”, informa o delegado.

Ainda segundo o delegado, as vítimas receberam a garrafa de cachaça como forma de pagamento ao fazerem um favor para a moradora do município.

“As três pessoas que se intoxicaram fizeram um favor pra ela (senhora) e esta como não tinha como pagar em dinheiro, resolveu então pagar com uma garrafa de cachaça. Ela retirou essa garrafa dos pertences do esposo, não sabendo a princípio, segundo ela declarou, que se tratava de veneno agrícola. Foi desta forma que este veneno chegou as mãos das três vítimas”, conclui o delegado.

Após o encerramento do inquérito, o delegado analisa se indiciará a moradora e o marido por homicídio culposo, se considerar que eles foram negligentes ao guardar o material venenoso.

O procedimento vai ser encaminhado para a Justiça local, que dará encaminhamento ao Ministério Público e adotará as medidas cabíveis.

por Aisla Vasconcelos

Comentários