Delegado não associa crime a drogas

0

O delegado Marcelo Hercos, titular da Delegacia Regional de Polícia de Lagarto, já definiu a linha de investigação do crime que culminou com o assassinato do jovem Valter Júnior da Silveira Conceição, 21, ocorrido na noite desta quinta-feira, 30, na cidade de Lagarto.

O delegado descarta a possibilidade do crime ter associação com o comércio ou uso de drogas, mas vincula o assassinato à vingança. Ele não informa detalhes, mas garante que nos próximos dias apresentará os autores do crime à imprensa.

O delegado confirmou ao Portal Infonet que os criminosos utilizaram uma motocicleta para praticar o crime. Um deles, que ocupava o espaço do carona, teria descido do veículo para disparar os tiros. A quantidade de tiros disparados ainda não foi revelada, mas foram muitos.

Há informações que 'Juninho', como era conhecido na cidade, teria sido preso no início deste ano envolvido em uma briga familiar, fruto de desentendimentos com a companheira e que teria tentado matar um adolescente.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais