Delegados de Lagarto são afastados

0

O juiz da comarca de Lagarto, Daniel de Lima Vasconcelos, determinou ontem, 5, o afastamento dos delegados da cidade, Renato Santana de Oliveira e Isac Everton Dias Canguço, e os policiais Heráclito Menezes da Silva e Cláudio Márcio Santos Matos. Eles são acusados pelo Ministério Público Estadual (MPE) de crime de tortura.

 

O juiz acatou o pedido do MPE, por julgar que existem indícios razoáveis de crime. Ele entendeu que caso eles permanecessem em suas funções poderiam atrapalhar as investigações.

 

Histórico

 

O promotor Roosevelt Batista representou os quatro acusados na última sexta-feira, 29, por supostamente terem torturado um preso. De acordo com a Associação dos Delegados de Polícia Civil de Sergipe, o promotor teria sido representado por esses delegados, em 2007, junto ao Conselho Nacional do Ministério Público.

 

O secretário de Estado da Segurança Público, Kércio Pinto, afirmou em nota, ontem, que a SSP não compactua com a prática de tortura e que as denúncias serão apuradas.

Comentários