Deplan registra dois casos de violência doméstica

0
PM conduz acusados à Deplan (Foto: Arquivo Portal Infonet)

A Delegacia Plantonista (Deplan) registrou dois casos de violência doméstica ocorridas entre o final da tarde e a noite deste domingo, 11. O primeiro episódio ocorreu no bairro Olaria, por volta das 17, e o outro no bairro Olaria, às 23h.

No bairro Olaria, a vítima revelou à polícia que convive com o acusado há cinco anos e que o companheiro tornou-se violento após envolvimento com bebidas alcoólicas. Ela diz que já foi ofendida verbalmente pelo acusado e que ele, ultimamente, passou a ameaçá-la de morte. Na tarde do domingo, 11, o acusado chegou em casa alcoolizado e ela pediu para que ele fosse dormir na residência da mãe, razão pela qual ele passou novamente a ameaçá-la, dizendo que, sendo preso, a mataria quando fosse libertado.

Os policiais foram acionados e o acusado foi encaminhado à Delegacia Plantonista onde foi autuado e, após pagar fiança no valor de dois salários mínimos, foi colocado em liberdade.

No Santos Dumont, policiais militares foram acionados por volta das 23h para atender ao chamado para conter uma desavença entre um homem e a ex-companheira. De acordo com o Boletim de Ocorrência, o acusado se dirigiu à residência da ex-companheira e alertou que estaria armado. Além da companheira, o acusado teria também ameaçado o atual companheiro e danificado o portão da residência.

O acusado e a vítima conviveram por dois anos e que já estariam separados há mais de um ano. Já existe queixa contra o acusado por agressão física, mas a própria vítima desistiu do processo. Mas, agora, a vítima deixou claro o interesse de prosseguir com o processo judicial com base na Lei Maria da Penha. Na Plantonista, o acusado foi autuado em flagrante e responderá ao processo em liberdade por pagar fiança arbitrada pelo delegado plantonista no valor de dois salários mínimos.

Comentários