Desabrigados aguardam auxílio moradia da prefeitura

0
Gilberto: famílias aguardam decisão (Foto: Arquivo Portal Infonet)

As famílias que foram expulsas do terreno privado no Alto da Boa Vista, em São Cristovão, aguardam auxílio dos órgãos públicos para pagar aluguel de casas e também querem ser inclusas em programa social que assegure a aquisição de imóveis para a moradia popular. Algumas permanecem acampadas em um terreno público próximo e outras foram encaminhadas para casas de familiares, onde esperam novos encaminhamentos do poder público.

O líder comunitário Gilberto Oliveira, que representa as 115 famílias desalojadas desde sexta-feira, 7, revela que aguardará as manifestações do poder público esta semana, Não havendo respostas para a solução do problema, o líder comunitário garante que haverá manifestações com ato público em local e data que serão definidos. “Estamos aguardando a decisão judicial da ação que a Defensoria entrou para obrigar a prefeitura de São Cristovão ou a de Aracaju a pagar o auxílio moradia a estas famílias”, informou Gilberto Oliveira.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de São Cristovão informou que já se colocou à disposição da famílias para realizar o cadastro das pessoas que devem ser beneficiadas com o auxílio moradia, mas tem encontrado resistência das próprias famílias que se recusam a morar em São Cristovão. Segundo a assessoria, há pessoas entre as famílias desalojadas que já recebem o benefício pela Prefeitura de Aracaju.

O líder comunitário Gilberto Oliveira observa que nenhuma família recebe auxílio moradia, mas reconhece que há pessoas beneficiadas com o Bolsa Família, benefício repassado pela Prefeitura de Aracaju. Mas estas pessoas, segundo o líder comunitário, estão dispostas a migrar para o município que decidir pela concessão do auxílio moradia.

A assessoria de imprensa da Secretaria Municipal da Família e da Assistência Social (Semfas) informou que a Prefeitura de Aracaju ainda não foi notificada judicialmente e que a PMA só se manifestará quando receber a notificação haja vista que se trata de uma área de circunscrição de São Cristovão.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais