Desabrigados das Malvinas vão ao encontro do prefeito

0

O grupo de desabrigados do loteamento Malvinas está agora na Prefeitura Municipal de Aracaju, onde tenta falar com o prefeito Edvaldo Nogueira para achar uma solução para o problema. Acusados de invasão de terreno privado, os moradores tiveram suas casas derrubadas ontem, 9, pela manhã e dormiram em redes e colchões improvisados no local. Ao chegar à prefeitura, os desabrigados souberam que o prefeito não estava, e resolveram esperar.

Os oito homens presos no local por protestar contra a derrubada, foram liberados no fim da tarde de ontem. Segundo os desabrigados, a polícia foi ostensiva com eles, agredindo pessoas inocentes. “Nós nos sentimos ameaçados pela polícia. Chegaram e bateram em pessoas que não tinham nada a ver com a situação”, falou Geniclan Bispo, um dos desabrigados.

“Eu me perguntava por que eu estava sendo preso. Até a imprensa chegar eles estavam me tratando mal, mas quando a imprensa chegou, eles passaram a tratar normal”, falou um dos presos, que não quis se identificar.

O mandado de reintegração de posse foi expedido pelo juiz José Pereira de neto, em favor de Eneydja Nogueira, proprietária de uma empresa de paisagismo. Ela alega ter conseguido o terreno através de um acordo verbal com a Infraero e ocupava o local há 4 anos. As 35 famílias que foram despejadas ontem, 9, montaram seus barracos em 24 de agosto desse ano. 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais