Destino político

0

Em rápido contato com a imprensa, a presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esportes – Funcaju -, Tânia Soares, disse não saber ainda o seu destino político. A orientação do prefeito Marcelo Déda é que os secretários que queiram lançar candidaturas deixem imediatamente sua pasta. Os que têm pretensão, mas preferem seguir a orientação do governo, devem esperar para março, ou no máximo abril, quando o tema será posto à mesa. “Estou desenvolvendo um trabalho que reputo excepcional e entusiasmante. Como aliada do PT nesta administração, temos que seguir a orientação vinda do governo municipal”, disse. Ex-vereadora e ex-deputada federal, Tânia Soares naturalmente dará seguimento à sua vocação política, mas, no caso, é preciso esperar mais um pouco.

Comentários