Desvendado o assassinato de jovem que saía da academia

0
Edjane teria reconhecido um dos ladrões, o que teria motivado o crime (Foto: Divulgação Facebook/Arquivo Portal Infonet)

Após dois meses de investigação, a delegada do município de Itabaiana, Michele Araújo, apresenta nesta quinta-feira, na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE), dois homens acusados pelo assassinato da jovem Edjane Mota dos Santos, 32, no dia 02 de julho de 2014, quando saía da academia.

As investigações iniciais levaram ao crime de latrocínio, pois os autores dos disparos levaram o ciclomotor da vítima no cruzamento da rua Renato Bispo com a rua 24 de agosto, bairro Marianga, em Itabaiana.

O fato ganhou repercussão em todo o Estado de Sergipe e em pouco tempo o ciclomotor foi encontrado, abandonado em um terreno baldio no bairro Campo Grande, distante do local do crime.

Segundo a SSP/SE, "a dupla é apontada como autora de diversos crimes de roubo na região contra ela existia mandado de prisão expedido pelo Poder Judiciário do município. Eles foram presos por policiais militares de Itabaiana por conta de um outro crime".

Delegada Michele Araújo: "Só posso detalhar amanhã durante coletiva na SSP" (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Por telefone, a delegada Michele Araújo informou que somente poderá passar os detalhes das prisão e os nomes dos presos, a partir das 8h30 desta quinta-feira, durante coletiva de imprensa na sede da SSP/SE.

Edjane Mota trabalhava no Centro de Inspeção Veicular de Itabaiana (CIVI) em Itabaiana e deixa um filho menor.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais