Detidos durante a manifestação terão auxílio jurídico

0

(Foto: Arquivo Infonet)

Após o ato de vandalismo cometido por alguns indivíduos durante o 2º Acorda Aracaju realizado na noite da última terça-feira, 25, os coordenadores do Movimento Não Pago disponibilizarão um auxílio jurídico à todos os manifestantes que foram detidos no protesto.

Segundo a polícia, 31 pessoas foram detidas durante o 2º Acorda Aracaju, ato realizado dia 25 de junho e encaminhadas para a Delegacia Metropolitana. Dessas, cinco permanecem presas por crime inafiançável contra o Patrimônio Público.

De acordo com Demétrio Varjão, as razões da prisão foram inúmeras. “A polícia quando ela avançou foi pegando os primeiros que estavam realizando o ato e os que estavam na frente”, afirma.

Demétrio volta a informar que o ato é pela revogação da tarifa e que as ações da população se transformaram em excessos. Na quinta-feira, 27, os manifestantes voltam às ruas para protestar.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais