DHHP prende suspeitos de matar homem com golpes de paralelepípedos

Os homens mataram a vítima espancada com pedaços de madeira e paralelepípedos (Foto: SSP/SE)

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) elucidou o homicídio que ocorreu no dia 17 de fevereiro, por volta das 22 horas, na Travessa Riachuelo, Mutirão do Conjunto João Alves, em Nossa Senhora do Socorro. Quatro investigados foram presos entre a quarta-feira, 13, e esta sexta-feira, 15.

Conforme investigação, na data do crime, a vítima estava em frente à sua residência, quando um grupo de quatro homens chegou ao local e, de posse de pedaços de madeira e paralelepípedos, passaram a espancar a vítima. As lesões graves levaram-na a óbito.

Segundo a apuração, três dos investigados já tinham inimizade anterior com a vítima, devido a troca de xingamentos e agressões físicas, tendo um dos suspeitos organizado e articulado toda a prática do crime.

Prisões

O DHPP então representou pelas prisões dos quatro suspeitos, que foram deferidas pela Vara Criminal de Nossa Senhora do Socorro. Na quarta-feira, 13, um deles foi preso em Nossa Senhora do Socorro.

Na quinta-feira, 14, a equipe do DHPP prendeu o segundo suspeito, que se encontrava escondido em uma residência na cidade de Pedra Mole. Nesta sexta-feira, 15, foram presos mais dois investigados.

Os presos serão recambiados para unidade policial da capital, onde permanecerão à disposição da Justiça.

 

Fonte: SSP/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais