Dia do surdo é lembrado em Aracaju

0

Aracaju comemora hoje o dia internacional do surdo. O dia será marcado com uma solenidade acontece às 9 horas, na Câmara de Vereadores da capital e com a realização do Seminário “SIM – Surdos Integrados ao Mundo – Quebrando Silêncio”, a partir das 15 horas, no auditório do Banese. A programação contará com a palestra “A Importância da Língua Brasileira de Sinais na Educação dos Surdos”, proferida pela professora Walkíria Raphael, integrante do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Na ocasião, acontece ainda a apresentação dos corais do Ipaese, Apada e Rosa Azul e o lançamento do Dicionário Libras/Português/Inglês, organizado por Walkíria Raphael e por Fernando César Capovilla, selecionado pela Câmara Brasileira do Livro como uma das melhores publicações em Educação e Psicologia – categoria 10. O evento é uma realização do Instituto de Apoio e Educação ao Surdo de Sergipe – Ipaese, em parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos de Sergipe – Apada; com a Rosa Azul; apoio da Prefeitura Municipal de Aracaju – através das secretarias de Assistência Social e de Educação; do Banese; Sebrae; da Dupla Comunicação e da Info Graphic´s. A DATA – Há 176 anos, em 26 de setembro, o Brasil inaugurava sua primeira escola de deficientes auditivos. A iniciativa passou a representar a luta por melhores condições das pessoas que, direta ou indiretamente, lidam com a deficiência auditiva no país. Mais informações no Ipaese – Rua Professor Figueiredo Martins, 262, bairro São José – ou pelo telefone (0xx79) 211-0938, com Maria Wanda.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais