Dia dos Trabalhores Domésticos é comemorado em Aracaju

0
Celebração ocorreu na Casa da Doméstica (Fotos: Portal Infonet)

“A solução para nossos problemas é aprovação da PEC das Domésticas”. A afirmação é da presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Domésticas (Sindomestico), Sueli Maria de Fátima, durante a celebração do Dia da Doméstica que contou com um café da manhã em Aracaju.

Para Sueli, os pontos previstos na PEC refletem as reais necessidades da categoria. “A PEC prevê adicional noturno, seguro desemprego, recolhimento de FGTS, entre outros itens. Se a gente reivindicou é porque há a necessidade disso. Lutamos por uma equiparação salarial com os demais trabalhadores, mas a nossa função é não é valorizada por conta de sua história relacionada à escravidão e à desvalorização da mulher”, afirma.

Ainda de acordo com Sueli, aos benefícios para a categoria só foram conquistados com a lei de de nº 11.324 promulgada em julho de 2006. “Tivemos força e conquistamos a obrigatoriedade da carteira de trabalho assinada, salário mínimo fixado por lei, 13º salário, irredutibilidade do salário, repouso semanal remunerado e preferencialmente aos domingos, folgas nos feriados, e férias remuneradas”, destaca.

Para Sueli, os pontos previstos na PEC refletem as reais necessidades da categoria.

Sueli destaca ainda a categoria luta pela valorização do seu trabalho. “Quem tem dinheiro guarda no banco. Quem tem bens usa uma seguradora. Mas o bem maior que é sua casa, bem-estar e família, o depositário fiel é o trabalhador doméstico. Uma mulher seja de qual carreira for, para desempenhar seu trabalho com competência, precisará de outra pessoa na casa dela, fazendo trabalho de dona de casa. Essa pessoa é o trabalhador doméstico”, comenta.

Casa da Doméstica

A Casa da Doméstica está localizada na rua Propriá com Siriri. O local oferece assistência jurídica, palestras (sobre saúde, direito trabalhista e previdenciário), cursos profissionalizantes, e agência de empregos.  Os serviços estão disponíveis à qualquer trabalhador doméstico independe de ser sindicalizado ou não.

Por Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais