Documentos do Banco Mundial classificam transposição como desnecessária

0

Hoje às 11 horas, na sala das Comissões da Assembléia Legislativa, o secretário executivo do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, Luiz Carlos Fontes, apresentará a imprensa um documento do Banco Mundial afirmando a não necessidade de execução do projeto de transposição proposto pelo governo Federal.

Segundo Fontes trata-se de uma série de documentos, classificados como confidenciais, segundo timbre dos mesmos. Neles o Banco Mundial apresenta uma análise do projeto de transposição afirmando que o mesmo não será necessário para os próximos 15 anos. “A análise foi realizada por engenheiros e economistas renomados internacionalmente, que verificaram a viabilidade do projeto em seus aspectos econômico e social”, comenta Fontes.

Os documentos são assinados pelo diretor do Banco Mundial para América Latina e aconselham que o governo brasileiro invista em projetos mais baratos e que demande menos tempo de execução. Segundo Fontes os documentos são datados de 2001, contudo foi apresentado ao governo Lula em duas oportunidades: em 2003 e em janeiro de 2004. O secretário informou que a documentação foi-lhe enviada através dos Correios. No envelope não consta o remetente.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais