Dois acusados são indiciados por latrocínio contra sargento da PM

0

Delegado finaliza inquérito
Nesta segunda-feira, 21, o delegado responsável pela Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), Everton Santos, encaminhou para a Justiça o inquérito sobre o assassinato do sargento da Polícia Militar Jadilson da Cruz Santos, de 49 anos, assassinado no início do mês.

O delegado esclarece que após realizar diversas diligências indiciou Romário Lima da Conceição, de 20 anos, e Gladson Henrique de lima, conhecido como “Gal”, de 20 anos, pelo crime de latrocínio – roubo seguido de morte. Everton Santos salienta que Romário foi o autor de três disparos contra o sargento e que Gal foi responsável por pilotar a moto usada durante o crime.

Apesar do laudo da perícia feita no revólver entregue por Romário não ter ficado pronto, o delegado pontua que as características são semelhantes e por isso acredita que a arma seja a utilizada no crime. Ele ressaltou que os acusados Cândido Júnior, de 21 anos, e José Domingos da Silva, de 19 anos, que foram presos inicialmente pelo crime, não tiveram participação nele.

“Eles estavam em prisão preventiva e foram importantes para esclareceu o crime. Com a finalização do inquérito estou remetendo a Justiça o pedido de soltura”, diz o delegado.     

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais