Dois homens invadem festa, atiram e cinco ficam feridos

0
Marcas indicando que os projéteis atingiram a parede da residência (Fotos: Portal Infonet)

Uma mulher e quatro homens ficaram feridos em um atentado ocorrido na noite do domingo, 10, no Loteamento Joel Nascimento, no bairro Bugio, em Aracaju. Dois homens teriam chegado armados na porta da casa de um rapaz onde acontecia uma festinha privada, dispararam vários tiros. O alvo seria o dono da casa, promotor da festa, que não foi atingido, conforme informações do major Geovânio Feitosa, comandante do 8o Batalhão da Polícia Militar de Sergipe.

Moradores se recolhem e não falam sobre a ocorrência

O próprio dono do imóvel, alvo do atentado, socorreu as vítimas, encaminhando-as, em carro particular, para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). De acordo com o major, nem o Serviço de Urgência de Sergipe (Huse) e nem a Polícia Militar foram acionadas para atender a ocorrência. E ainda não há registro em boletim de ocorrência, conforme o major.

Ao tomar conhecimento extraoficialmente, o comandante do 8o BPM acionou a equipe que foi ao local. Mas os policiais não conseguiram obter informações precisas sobre a ocorrência. No loteamento, os moradores cultivam a lei do silêncio. Ao Portal Infonet, algumas pessoas informaram apenas que ouviram o barulho e que teriam pensando, no momento, que se tratava de fogos de artifício. Mas só depois, com a movimentação na comunidade, é que ficaram sabendo que se tratava de tiros. “Foi muito barulho, muito tiro”, disse uma moradora, que prefere não ser identificada.

As informações preliminares colhidas pelo major Geovânio Feitosa indicam que o dono da casa, [identidade não revelada] está em liberdade condicional. Há suspeita que ele tenha envolvimento com o tráfico de drogas. Mas são informações preliminares, conforme destacou o comandante.

Em nota enviada à jornalistas, a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) informou que a Polícia Civil investigará a ocorrência, embora o episódio tenha sido registrado pelas autoridades policiais. De acordo com a nota, “o delegado Archimedes Marques, da 8ª Delegacia Metropolitana, fará diligências em hospitais a fim de localizar e confirmar a existência de vítimas”. A assessoria informa ainda que “somente após essa fase, o delegado vai instaurar um inquérito policial para esclarecer os fatos”.

A matéria foi alterada às 11h51 para acréscimo de informações enviadas pela SSP

por Cassia Santana

Comentários