Dois ônibus são incendiados no Marcos Freire II

0
Primeiro ônibus foi incendiado neste local (Foto: Cássia Santana/Portal Infonet)

Dois ônibus da empresa Atalaia Transportes foram incendiados na noite desta segunda-feira, 20, no Marcos Freire II. Os ônibus estavam estacionados em trechos da avenida Coletora A e um grupo de vândalos ocupando diferentes motocicletas se aproximaram determinando que os motoristas e cobradores abandonassem os veículos para que eles pudessem destruí-los.

Os profissionais entraram em pânico. De acordo com a polícia, o crime aconteceu entre às 20h30 e 21h. O primeiro ônibus atacado estava em um terreno baldio em frente ao Terminal de Integração daquele núcleo habitacional e o outro a poucos metros. A ação foi rápida e os responsáveis pelo crime fugiram. A Polícia Militar montou uma grande operação e conseguiu prender dois suspeitos, pouco depois das 22h, que trafegavam em uma motocicleta nas imediações.

Os suspeitos foram identificados como Humberto Santana Maranhão, 26, e Anderson Araújo, 19, que estavam rodando em um Honda Titan de placa OEO 2279, licença de Sergipe. De acordo com informações do tenente-coronel Paulo César Paiva, chefe da 5ª Seção da Polícia Militar [setor responsável pela Comunicação Social da PM], Humberto está cumprindo pena em regime aberto por tráfico de drogas e teria assumido a liderança do movimento para destruir os dois veículos do sistema de transporte coletivo da Grande Aracaju.

Neste local ocorreu o segundo incêndio

A ação teria sido articulada para vingar a morte de um outro traficante, conhecido como Pezão, cujo corpo teria sido encontrado recentemente no interior do Estado. Para a polícia, o argumento em torno de uma suposta vingança poderá ser um artifício utilizado pelos traficantes para despistar a verdadeira autoria pela morte de Pezão. “Pode ser um argumento ardil para ficar acima de qualquer suspeita”, considerou o tenente-coronel Paiva, admitindo a possibilidade de haver rivalidade entre os grupos liderados por Pezão e por Humberto pela disputa do comando do tráfico de drogas na região de Nossa Senhora do Socorro.

O gerente de mercado da Atalaia Transportes, cuja identidade está sendo mantida em sigilo, prestou queixa em Boletim de Ocorrência na Delegacia Plantonista na noite da segunda-feira, 20, informando que tomou conhecimento da ocorrência por volta das 20h a partir do contato feito pelo coordenador da empresa.

No BO consta que os ônibus destruídos na ação criminosa têm placas OES 8744 e OES 8363, ambos com licença de Aracaju. O primeiro foi queimado e, enquanto a carcaça estava sendo rebocada, outros motociclistas passaram pelo outro lado da avenida e gritaram: ‘se tiver motorista e cobrador, desça que a gente vai queimar tudo’. O cobrador que ainda estava no segundo veículo ficou apavorado, desceu e correu.

E, após o incêndio, o cobrador ainda percebeu quatro homens fugindo em duas motocicletas distintas. Ele ainda tentou apagar o fogo utilizando extintores do veículo, mas não obtive êxito. A exemplo do primeiro, o veículo ficou completamente destruído pelo fogo.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais