Dólar sobe, apesar dos elogios recebidos pelo Brasil

0

O novo governo brasileiro continua impressionando positivamente. Ontem os elogios vieram do subsecretário do Tesouro dos EUA e até o megainvestidor George Soros declarou que o mundo precisa financiar o Brasil e a juros menores do que os atuais. Porém, o temor da guerra virou o fantasma dos mercados mundiais e tem impedido que o país capitalize o sentimento positivo nos preços de seus ativos. Ontem o dólar fechou perto da estabilidade (-0,14%), cotado a R$ 3,62, depois de oscilar fortemente e operar a maior parte do dia em alta. E hoje começou o dia em alta, e em alta crescente: às 9h54min, subia 0,14%, cotado a R$ 3,625, e, às 10h15min, já subia 0,55%, cotado a R$ 3,64.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais