Dono de caminhão finge sequestro para roubar carga de salmão

O grupo criminoso possui integrantes de São Paulo, Minas Gerais e Sergipe. (Foto: PM/SE)

Policias militares da Companhia Independente de Operações Especializadas em Área de Caatinga (Ciopac) desarticularam na madrugada desta segunda-feira, 27, uma quadrilha composta por cinco integrantes naturais de São Paulo, Minas Gerais e Sergipe que tentavam forjar um sequestro para roubar uma carga de 11 toneladas de salmão avaliada em R$ 313 mil. A ação policial ocorreu no município de Feira Nova, quando os PM’s flagraram o dono do caminhão na companhia de mais quatro suspeitos de participarem da ação criminosa.

Segundo o comandante da Caatinga, Major Joaldo, a ocorrência se deu quando uma viatura trafegava nas proximidades do trevo que dá acesso ao município de Graccho Cardoso e avistou um veículo modelo Corsa Classic com cinco ocupantes e em movimentação suspeita. Ao serem abordados, os envolvidos teriam entrado em contradição, inclusive sobre um suposto sequestro.

A carga está avaliada em R$ 313 mil (Foto: PM/SE)

À polícia, o proprietário do suposto caminhão roubado, identificado como Edilson Pedro, afirmou que estava sendo sequestrado, mas foi desmentido por Vando Batista dos Santos, o qual informou que, na verdade, Edilson era o principal mandante do roubo e que ele e os demais estavam somente dando suporte ao crime. “Diante as circunstâncias, a equipe ordenou voz de prisão também aos outros três, registrados com os nomes de Silvano Rodrigues da Costa, Herlandio Antunes de Souza Pereira e Felipe Santos Cruz”, explicou o Major Joaldo.

Junto aos suspeitos, foi apreendido um bloqueador de rastreador GPS que estava sendo utilizado no caminhão, cuja localização só foi apontada a 38 km dali, na zona urbana do município de Aquidabã.

Os envolvidos, bem como a carga, os veículos e objeto apreendidos, foram levados para a Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória, onde permanecerão à disposição da justiça.

por Daniel Rezende

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais