Droga e celulares são arremessados para presos

0

Objetos lançados dentro do presídio (Fotos: Ascom/Sejuc)

Maconha estava entre os ojetos apreendidos

Uma quantidade de maconha, vários aparelhos de telefone celular, carregadores e também uma máquina usada para aplicar tatuagens no corpo humano foram apreendidos no início da manhã deste sábado, 1º, no Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristovão. De acordo com informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sejuc), os produtos foram lançados por uma pessoa, não identificada, para que os detentos pudessem ter acesso, na parte interna do presídio.

Conforme informações da assessoria, a equipe do Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (Gope) observou a movimentação de uma pessoa estranha na parte externa do presídio no final da madrugada. A equipe se mobilizou, com apoio da Polícia Militar, e foram realizadas rondas na parte interna do presídio e também nos arredores na parte externa na tentativa de identificar o que efetivamente estaria acontecendo.

Na parte interna, os agente localizaram os produtos [a quantidade da droga e o número dos equipamentos não foram divulgados] e fizeram a apreensão. Mas o suspeito de lançá-los para a parte interna do presídio conseguiu fugir. Segundo a assessoria, a Sejuc abrirá procedimento para investigar a origem dos produtos e também identificar o detento que os receberia.

*A matéria foi atualizada às 17h38 para incluir fotos dos objetos apreendidos

Por Cássia Santana

Comentários