Edvaldo diz que fará obra emergencial no Costa do Sol

0

Por enquanto, bombas tentam retirar a água do local
Sob muita chuva, o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, determinou na manhã deste domingo, dia 11, soluções emergenciais para solucionar o alagamento que atinge o conjunto Costa do Sol, na zona sul da capital. Durante visita à localidade, ele informou aos moradores que será construída imediatamente uma valeta até o canal da avenida Heráclito Rollemberg para permitir o escoamento das águas que há horas inundam o residencial. Além disso, verificou o trabalho das equipes que desde o dia anterior estão drenando as ruas com bombas e carros-pipa.

Para realizar a obra, Edvaldo justificou que o município pedirá à Justiça para intervir no estacionamento de um condomínio de apartamentos e numa oficina mecânica e irá declarar como de utilidade pública um terreno baldio às margens da avenida Melício Machado. “Vamos construir nestes espaços um curso d´água para que as águas pluviais possam correr em direção à nossa rede. Esses terrenos foram ocupados de forma irregular por particulares e a Prefeitura vem travando uma batalha judicial para reverter esse equívoco e fazer obras corretivas”, esclareceu.

A visita foi acompanhada pelo secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa, e o presidente da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), Paulo Costa, que discutiram a realização do plano. Junto com Edvaldo, eles percorreram a pé a região, conversaram com os habitantes locais e ainda acompanharam o trabalhos das equipes que estavam desobstruindo bueiros e removendo entulhos nas ruas e avenidas. “Vamos iniciar a obra aqui o mais rápido possível, para que a comunidade possa ter acesso novamente à suas casas, para que possam trafegar. Além disso, já estamos viabilizando uma habitação provisória para todas essas famílias”, acrescentou o prefeito.

O prefeito comunicou aos moradores que, desde o ano passado, aprovou um projeto no Ministério das Cidades para construção de grande um canal na região, orçado em R$ 26 milhões, que irá resolver de uma vez por todos o problema histórico de alagamento. Os recursos federais ainda não foram liberados, mas a expectativa é que até o final do ano o município possa começar a licitar a obra, que irá beneficiar toda a comunidade do bairro Aeroporto.

Assistência

Em relação às pessoas que estão desabrigadas e desalojadas, o prefeito Edvaldo Nogueira prometeu uma solução breve. Junto com o vice-prefeito, Silvio Santos, e a secretária municipal de Assistência Social e Cidadania, Rosária Rabelo, ele conversou com os moradores e destacou que a Prefeitura está procurando imóveis onde todos possam ser abrigados com o conforto e a segurança necessários. “Nossas equipes estarão cadastrando todos agora à tarde, enquanto os locais estão sendo providenciados, juntamente com gêneros alimentícios e roupas”, garantiu.

O prefeito ainda ressaltou que a Prefeitura de Aracaju estará recebendo donativos para os desabrigados a partir das 8 horas desta segunda, dia 12. O ponto de recolhimento será na Estação Cidadania, que fica ao lado do Palácio Ignácio Barbosa, na praça Olímpio Campos, Centro. O trabalho será coordenador pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc), que está atendendo toda a população afetada pelas fortes chuvas que atingem a capital.

Fonte: PMA

Comentários