Eles também trabalham na noite de Natal

0

Toda ceia de Natal é sempre um momento de reunião em família, mas nem para todo mundo. Centenas de pessoas entre policiais, médicos, bombeiros, taxistas, não estarão na noite desta segunda-feira, 24, ao lado dos familiares, curtindo esse momento tão familiar. Muitos estarão trabalhando para garantir uma renda extra, outros ganharão dinheiro e divertirá outras centenas de pessoas ou ainda pela escala de trabalho. Estes são os casos do taxista Williames da Silva, do DJ Lukinhas e do webmaster Jonathan Lessa.

“Vou trabalhar porque vou correr atrás de um grana a mais”, afirmou o taxista Williames. “Todo ano é isso, eu estou trabalhando, já me acostumei”, lembra o DJ. “É a primeira vez que trabalho no Natal”, disse o webmaster. Razões diferentes, no entanto todos três têm os mesmos conceitos. A vontade era estar com a família na noite de Natal.

Williames

O taxista Williames
Para o taxista Williames, a necessidade de obter um dinheiro a mais durante as festas de fim de ano é o que lhe levará tanto a trabalhar no dia de Natal quanto no reveillon. Segundo ele esta é a primeira vez que estará nas ruas com o seu táxi na noite natalina, e que optou por ‘rodar’ na noite de Natal para compensar as queda na arrecadação com o táxi durante os meses de fevereiro e março. 

“Em fevereiro e março cai, e muito, as ‘corridas’ de táxi. O cliente gastou o dinheiro todo no final de ano e vai pegar o que sobrou para pagar as contas, então ‘pegar’ táxi vira coisa de luxo”, explica Williames, dizendo que deverá ter um lucro, na noite de Natal, de cerca de R$ 200 a R$ 250. 

E a família? Williames que é casado e pai de dois filhos lamenta que não estará com a família na noite de Natal, porém afirma que a mulher tem lhe incentivado. “É a necessidade. É para o bem de todos eles”, disse o taxista, lembrando que a arrecadação desses dias de festa natalina ajudará no pagamento da matrícula e no material escolar dos filhos. E se sobrar alguma coisa realizará o desejo da esposa que é comprar uma geladeira duplex.

DJ Lukinhas

Dos três personagens que podemos dizer que trabalha na noite de Natal se divertindo é o DJ Lukinhas. Já são três anos levando músicas para aqueles que, na festa natalina, preferem estar numa boite. “Lá se vão três anos sempre trabalhando numa festa na noite de Natal”, disse.

Segundo Lukinhas, durante a noite de Natal ainda consegue curtir um pouco da ceia natalina com a família, já que só sai trabalhar por volta das 22 horas. “Dá para ficar em casa um pouco”, garante. Para o DJ, a sua família criou costume de não vê-lo na ceia. “Eles acabaram se acostumando com essa situação”. E ele já avisa que no Reveillon sairá mais cedo de casa.

Jonathan

O webmaster Jonathan
Se de repente na sua escala de trabalho seu plantão caísse justamente na noite de Natal? Desespero, que nada! “São ossos do ofício”, diria o webmaster da Infonet, Jonathan Lessa, que estará trabalhando na manutenção dos servidores do portal e também como suporte aos clientes durante toda a noite natalina.

Segundo o webmaster, esta é a primeira vez que trabalhará na noite de Natal. No ano passado, Jonathan também não teve muita sorte foi plantonista durante o reveillon. De acordo com ele, sua família estará reunida, mas em acordo com a sua esposa fez uma ‘troca’ nas comemorações das festas de fim de ano. “Como vou trabalhar no Natal a prioridade agora será a festa de virada de ano”, garante.

Comentários