Eliminados em teste médico da PM conseguem liminar

0
Candidatos protestando na frente do Hospital da PM (Foto: Arquivo / Portal Infonet)

Vinte e seis candidatos que foram reprovados após passarem por exames médicos, durante o último concurso da Polícia Militar de Sergipe (PM/SE) serão matriculados no curso por meio de uma liminar judicial, é o que diz o relações públicas da PM, Tenente Paulo Paiva. 

De acordo com ele, os candidatos serão matriculados conforme indica a liminar. “Dos 70 que foram eliminados, 26 conseguiram uma liminar judicial e vão ser matriculados no curso. Eles vão começar a estudar com o mandado de segurança”, afirma. 

“Até o julgamento não podemos afirmar se eles vão continuar ou não. Por enquanto, eles vão estudar no Curso de Formação de Soldados, que começou na segunda-feira, dia 14. A decisão não é definitiva, ainda vai ter um julgamento e a Procuradoria Geral Estado vai defender a PM nessa questão judicial”, coloca. 

Entenda 

Cerca de 60 candidatos reprovados na inspeção médica do último concurso realizado pelo Governo do Estado para preenchimento de vagas na Polícia Militar (PM) de Sergipe afirmam que o resultado apresentado no site da PM não especifica o motivo da eliminação. Eles realizaram duas manifestações na porta do Hospital da Polícia Militar.

Curso

Conforme informações da polícia, os alunos passarão pelo curso de formação em período integral, com aulas pela manhã e tarde, diferentemente de anos anteriores, onde as aulas ocorriam em apenas um período. Durante essa formação, os alunos já estarão realizando estágios supervisionados, se qualificando para as ações de segurança pública.

Durante o período do curso de formação, o futuro policial receberá uma bolsa de R$ 1.040,68 + 30% equivalente a periculosidade, o que representa 50% do salário de um soldado de 3ª classe. Após esse curso, o militar passará a ganhar R$ 2.081,37, acrescido de 30% de periculosidade, totalizando R$ 2.705,78.

Comentários