Em ato, motoristas do transporte escolar pedem auxílio ao governo

0
Categoria diz que foi uma da mais prejudicadas pela pandemia (Foto: Alfran Cruz)

Motoristas que trabalham com o transporte escolar se reuniram nesta quinta, 18, no Palácio dos Despachos, sede do governo estadual, com o objetivo de sensibilizar o governador Belivaldo Chagas (PSD) para ajudar a categoria. Segundo Altran Cruz, um dos líderes do movimento, os motoristas estão há mais de um ano sem trabalhar e sem nenhuma perspectiva de melhoria a curto prazo.

“Infelizmente fomos muito afetados com essa pandemia. Nós ficamos o ano passado sem fazer nada. Bares e restaurantes ainda puderam trabalhar com delivery quando as restrições ficaram mais duras. Só que a nossa categoria não teve o que fazer”, relembra Altran.

Ato dos motoristas do transporte escolar (Foto: Alfran Cruz)

Ainda segundo ele, o ato de hoje é justamente para tentar conseguir algumas medidas do governador que possam diminuir as perdas da categoria. “Nós temos algumas reinvindicações. As principais são um auxílio mensal, a suspensão do pagamento de ISS entre 2020/2021, e renovação automática dos nossos alvarás”, resume Cruz.

O motorista salienta ainda que apesar da volta às aulas da rede privada o número de clientes caiu drasticamente. “Creio que atualmente estamos trabalhando apenas com 10% dos clientes que tínhamos antes da pandemia. Muitos pais também estão com receio de mandar seus filhos para as escolas”, diz. “Por isso precisamos muito de ajuda para conseguir se reerguer nesse momento difícil”, acrescenta.

Em comunicado, a Superintendência de Comunicação do Governo de Sergipe informou que em relação às reinvindicações da categoria, o Banco do Estado de Sergipe (Banese) está à disposição para atender os profissionais do transporte escolar.

Matéria alterada às 13h do dia 18/03/21 para acréscimo do comunicado oficial do Governo de Sergipe. 

Por João Paulo Schneider 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais