Embrapa promove Seminário de Recursos Genéticos

0

Acontece entre 18 e 19 de julho, no auditório da Embrapa Tabuleiros Costeiros, em Aracaju, Sergipe, o Seminário de Recursos Genéticos que visa reunir em torno do tema pesquisadores e professores alem de estudantes de graduação e pós-graduação.

De acordo com o pesquisador Hymerson Azevedo, da Embrapa Tabuleiros Costeiros, o Seminário pretende promover o avanço do conhecimento e divulgar ações de pesquisa e desenvolvimento na área de recursos genéticos vegetais e animais, especificamente na conservação e uso do germoplasma.

A programação, maiores informações e a ficha de inscrição podem ser acessadas através do site www.cpatc.embrapa.br/seminariorecursosgeneticos. O Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), (79) 4009-1344, também está disponível aos interessados para esclarecimentos.

“Os recursos genéticos abrangem espécies de plantas, animais e microorganismos de interesse socioeconômico atual ou potencial e a sua conservação, ex situ ou in situ, contribui para a manutenção da variabilidade genética e o futuro das próximas gerações”, acreditam os coordenadores do Seminário, os pesquisadores Paulo Carneiro e Semiramis Rabelo.

A conservação ex situ corresponde à manutenção das espécies em habitats diferentes daqueles aos quais estão adaptadas ou de gametas, embriões, tecidos e DNA criopreservados e mantidos em bancos de germoplasma. A conservação in situ refere-se à manutenção contínua de uma população em seu habitat natural.

No manejo de recursos genéticos há necessidade de ações que possam valorar e utilizar a variabilidade genética conservada in situ, assim como nos núcleos de conservação ou bancos de germoplasma. Assim, estratégias de utilização do germoplasma devem ser utilizadas para servir de ponte entre os recursos genéticos e os programas de melhoramento e auxiliar, de forma efetiva, na avaliação do potencial genético dos acessos conservados, seja na identificação de características de interesse em espécies como as variedades crioulas ou populações tradicionais, e nos tipos, raças, linhagens ou espécies nativas, naturalizadas ou silvestres.

Comentários