Emenda que altera plano diretor deixa de ser aprovado por apenas dois votos

0

Eram necessários 14 votos para que o projeto de emenda n° 01/2003, revogando o artigo 222 da Lei Orgânica do Município (que proíbe alterações no Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano – PDDU – até 2005), fosse aprovado pela Câmara de Vereadores. Durante a votação da manhã de hoje, os vereadores acabaram rejeitando mais uma vez a emenda. O resultado da votação foi: 12 favoráveis, contrários e 3 ausentes. Em seu pronunciamento, Goisinho alertou os demais vereadores para a responsabilidade que eles tinham na votação do projeto de emenda. “Cada um tem que refletir sobre seu voto, deve dar uma resposta positiva à população de 470 mil habitantes de Aracaju que elege os vereadores. Não tenho nada contra nenhum vereador, mas é importante lembrar que existem apenas dois interesses em jogo, o da construção civil e o da sociedade aracajuana”, declarou Gois, solicitando que o voto contrário, de apoio ao crescimento desordenado da cidade, fosse justificado. REAPRESENTADO – O projeto de emenda à LO n° 01/2003 será apresentado novamente à Câmara no próximo ano, além disso, novos Códigos de Obras e Edificações e de Urbanismo serão elaborados com o apoio do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura – Crea/Se – e da Câmara Municipal de Aracaju.

Comentários