Emsurb atrasa vale-transporte dos servidores

0
Servidores da Emsurb (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Os servidores da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), estão cobrando o pagamento dos vales-transportes e o fechamento do acordo em torno da pauta de reivindicações.

Segundo o presidente do sindicato da categoria, Cláudio Leite, por conta de uma ação que está tramitando em Brasília, quanto a uma cláusula sobre a progressão vertical, a Emsurb parou as negociações.

“Nós já solicitamos que deixassem essa cláusula à parte, até que saia alguma decisão judicial e que dêem andamento às demais reivindicações, mas a direção da empresa e a Procuradoria do Município estão emperrando”, destaca Cláudio Leite lembrando que a Emsurb possui 188 servidores que recebem pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

Cláudio Leite, representante do sindicato 

“Enquanto isso, os ocupantes de Cargos em Comissão, recebem salários superiores a R$ 1.500”, completa o sindicalista. Entre as reivindicações da categoria , estão a cesta básica de acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-econômicos em Sergipe (Dieese), a correção salarial, as discussões do Plano de Cargos Carreira e Vencimento (PCCV) e o auxílio-universidade.

A assessoria de Comunicação da Emsurb informou por meio de nota que: "a direção da Empresa Municipal de Serviços Urbanos vem mantendo as negociações com os representantes dos servidores a fim de buscar o melhor acordo para todas as partes. Os vales-transporte de todos os servidores da Emsurb já foram pagos. Deve-se considerar o tempo natural de compensação dos créditos".

Por Aldaci de Souza

Comentários