Emsurb envia ofício à Deso solicitando religamento de água em mercado

0

Na semana passada, a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) encaminhou ofício à Companhia Estadual de Saneamento (Deso) com uma proposta de solução para o impasse com relação às faturas em atraso e ao religamento do abastecimento de água no Mercado Miguel Arraes (Bugio). O diretor-presidente da Emsurb, João Andrade Vieira, deixou clara, através de ofício, a posição da empresa em honrar os compromissos e sanar as dívidas contraídas.

Antes, o presidente fez questão de discutir alguns pontos. “Explicamos, no documento, que embora haja uma pendência no ajuste de contas, a Emsurb presta um serviço de caráter essencial à população, o que projeta graves penalidades à sociedade no caso de um eventual corte no fornecimento. É inviável administrar os cemitérios e as lavanderias públicas, assim como sanitários e mercados, sem que haja condições de higienização. Por isso nossa preocupação em solucionar o quanto antes a questão”, explicou João Andrade.

 

A alternativa sugerida pela Emsurb foi o pagamento dos débitos passados com o fornecimento de água  em paralelo. Agora, porém, o fornecimento seria realizado através de encontro de contas dos tributos de responsabilidade da Deso para com o município. Segundo João, mais do que firmar o propósito de sanar o problema, o ofício demonstra a preocupação de não penalizar a população ao sacrificar serviços básicos para o bom funcionamento dos prédios públicos de Aracaju.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais