Emsurb otimiza limpeza de avenidas com máquina

0
(Foto: Marcos Rodrigues)

A Prefeitura de Aracaju, por meio da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), vem realizando um trabalho incessante quando o assunto é limpeza e manutenção das vias públicas da capital. Reflexo disso são ruas e avenidas cada vez mais limpas e organizadas.

Diariamente, equipes de limpeza saem a campo em vários pontos da capital, executando trabalhos de coleta de lixo, capinação, varrição, pintura de guias, roçagem mecanizada, poda e gadanhamento. Nesta segunda-feira, 24, a avenida Melício Machado, na Zona de Expansão, contou com o serviço de varrição, desta vez executado de maneira mecanizada.

O serviço, que estava em fase de testes desde a última quarta-feira, 19, entrou esta semana no cronograma de limpeza da Diretoria de Operações da Emsurb e acontece de forma paralela a outras ações da empresa municipal. "A máquina irá percorrer as principais avenidas e vias de acesso da cidade em horários diferenciados para não atrapalhar o fluxo de veículos. Estamos adotando variadas frentes de trabalho nos bairros da capital, seguindo um planejamento que busca atingir todas as regiões de modo igualitário", frisou o diretor de Operações, Bruno Moraes. "Além da avenida Melício Machado, nesta segunda-feira vamos executar os serviços de varrição mecanizada nas avenidas Alexandre Alcino, no bairro Santa Maria, e José Menezes Prudente, no bairro Aeroporto, e na Orla Pôr do Sol", informou o coordenador de Manutenção e Vias Públicas, Everaldo Ferreira.

Mecanismo

Na via, um auxiliar acompanha o funcionamento durante todo o processo. De olho no meio-fio e nas vassouras giratórias, o agente de limpeza faz a retirada de pedras, pedaços de madeira e ferro e outros resíduos de maior volume que podem danificar a máquina.

Além das vassouras giratórias com escovas de aço, o equipamento possui um grande aspirador e um tanque para armazenamento de água. Juntos, eles promovem a varrição, sucção de areia e de pequenos resíduos – como plásticos, papeis, copos descartáveis. Já o líquido é esguichado para minimizar a poeira levantada durante o processo. O material coletado é depositado em uma caixa estacionária e posteriormente enviado para o aterro sanitário.

Fonte: Emsurb

Comentários